EPAHEY OYÁ!
por Cláudia Müller

19 de março, 2017

Esta Matintah – Iansã foi encomendada para compor o cenário de uma peça produzida pela Escola de Artes Cênicas de Santos. Juntamente com esculturas de Ogum e de Oxalá, ainda está viajando com a peça “Navalha na Carne”, de Plínio Marcos.

Iansã ou Oyá é a orixá dos ventos, comandante das tempestades, das ventanias e dos espíritos dos mortos, que controla com um rabo de cavalo chamado Eruexim – um dos seus símbolos. No candomblé o seu dia é a quarta-feira. Seus elementos são o ar em movimento, qualquer tipo de vento e o fogo.

Orixá guerreira, Iansã está presente nos campos de batalha e nos caminhos cheios de risco e aventura. É esposa amada de Xangô, o senhor dos raios e da justiça, por isso é geralmente saudada após os trovões.

+ Matintahs no Email